top of page

Aumento abusivo do Plano de Saúde


O recebimento do boleto de outubro da Bradesco Saúde, com aumento de 86%, sem qualquer informação ou justificativa, surpreendeu a todos negativamente. Nos últimos anos, os reajustes do plano de saúde superaram em muito as correções dos salários e – mais ainda! – os benefícios dos aposentados e pensionistas, comprometendo sobremaneira a sua sobrevivência.


De imediato, enviamos e-mail à Secretaria da Presidência da Light, solicitando uma reunião com o Diretor-Presidente – o que, em seguida, reiteramos por correspondência direta a ele.


Acompanhamos as informações veiculadas pelo Sintergia e colegas, demonstrando a falta de atenção da Light com pessoas que se dedicaram por muitos anos ao crescimento da Companhia.


Algumas informações dão conta que o ajuizamento de uma ação poderá fazer com que as partes negociem em novas bases, e que possa haver um resultado mais acessível a todos.


Estamos, ainda, denunciando o ato abusivo na ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar, apresentando os boletos de setembro e outubro, solicitando àquele órgão interceder no sentido de impor, em caráter emergencial, limites ao exorbitante reajuste do plano de saúde a níveis compatíveis com os salários e aposentadorias, acionando a estipulante Light e o prestador Bradesco Saúde.


DIRETORIA EXECUTIVA

Comentarios


Posts Recentes
bottom of page