Como idosos devem agir durante a pandemia

Quem tem mais de 60 anos está enfrentando um inimigo perigoso. Nossas defesas caem com a idade. E é preciso levantar barreiras que nos protejam do Coronavírus. Este inimigo tem um forte aliado: a saudade que sentimos dos filhos, netos e bisnetos. São tentações às quais temos que resistir, até ser seguro o reencontro. Veja algumas dicas de geriatras do HCor de São Paulo e da Associação Brasileira de Alzheimer: 1ª e mais importante: lave as mãos várias vezes ao dia, até os pulsos. Faça muita espuma porque é ela que quebra a "casca" do vírus. Evite receber visitas. Mesmo quem não tem sintomas pode infectar. Evite o contato físico: fique a 4 metros de pessoas com quem você não convive o dia todo. O isolamento não significa cortar relações. Use o celular, aprenda o WhatsApp e fale por vídeo. Seus filhos ou netos ainda não ligaram? Ligue você! Mas se puder conversar ao vivo, fique a 4 metros de distância. Continue tomando todas as suas medicações. E não tome medicamentos só porque ouviu falar dele na internet. Já morreu gente por causa de automedicação. Compre pelo telefone ou pela internet mas evite contato físico com o entregador. Use sempre máscara e luvas de borracha. Pague com cartão de crédito ou débito, evite o dinheiro, e higienize o cartão depois de usar. Álcool gel 70º: não consegue encontrar? Faça uma solução de meia xícara de cafezinho de água sanitária para um litro de água, e limpe tudo que entrar em casa. Se você tem que ir à rua, quando voltar, deixe os sapatos do lado de fora, coloque toda a roupa para lavar e tome um banho imediatamente. Lave os cabelos, que retêm muitas partículas do ar. Um parente quer morar com você para lhe cuidar? Façam um isolamento doméstico durante 14 dias. Você fica num quarto, o parente no outro. Cada um usa o banheiro e lava-o todo com a solução de água sanitária. Cada um lava sua roupas, lençóis e toalhas, pratos, copos e talheres. Se após esse período, nenhum dos dois apresentar sintomas, podem relaxar esse distanciamento. Porém, se esse parente trabalha fora, ele cuida melhor de você se ficar lá na casa dele. Não cancele consultas médicas de tratamentos contínuos, como diabetes, câncer, cardiopatias etc. Mas deixe as consultas eletivas para depois. A mesma coisa se aplica aos tratamentos dentários. E (isso é muito importante) controle seus gastos! Não parcele no cartão de crédito, revise seus débitos automáticos (pode ter coisas lá que você nem lembra mais), renegocie valor de aluguel ou de empréstimos, e tente fazer ou melhorar sua poupança. Em uma emergência de saúde, você nunca sabe quando vai precisar socorrer alguém da família. Vamos atravessar este período e chegar lá do outro lado com saúde. Quanto mais prevenção, melhor.

Posts Destacados
Posts Recentes
Procure por Tags
Siga
  • Facebook Long Shadow
  • Google+ Long Shadow

Telefones úteis

AAFBB: 3861-0700 e 2679-1921 
Asselight: 3285-2225 ou 98116-5908 
Associação Atlética Light: 2577-4434 
Braslight: 0800 024 4397 e 2211-7215 
COFEL: 2263-6643 
Funerária São Lázaro: 2273-1490 e 
3331-0310 
Grêmio dos Aposentados: 3176-0013

Light: 2211-7171 
Plano de Saúde AMIL: 2211-4871 / 4691 
Seguros de Veículos: 2211-4514 / 7451
Seguro de Vida (Assurê): 3974-3131 
SESI-RJ: 0800 0231 231 
Sintergia: 2233-6145 

Ou mande um e-mail para apbraslight@gmail.com

© 2011 Associação dos Participantes da Braslight – Geração de conteúdo: BP Comunicação