MP denuncia Associação que cobra por reajustes do INSS


Aposentado teve oferta de reajuste na aposentadoria e correção de atrasados. Ministério Público identificou 73 vítimas.

O Ministério Público do Rio denunciou uma associação de beneficiários da Previdência Social que cobra para conseguir reajustes de aposentadoria no INSS. Mas quem paga pelo serviço, nunca recebe.

O aposentado, que preferiu não se identificar, recebeu a oferta em casa. Reajuste de até 28% na aposentadoria e uma bolada que poderia chegar a 50 mil reais, com a correção de pagamentos atrasados. Bastava pedir a revisão do benefício, na Associação dos Beneficiários da Previdência Social do Rio de Janeiro, dizia a carta enviada pela ABEPREV.

"Eles chegaram à conclusão de que estaria em condições de receber aproximadamente R$ 38 mil e que a minha aposentadoria estaria, poderia ser adicionada a importância de R$ 600", afirma. Mas a aposentadoria mais gorda tinha custo: uma entrada de quase R$ 1.500.

A equipe do Jornal Nacional esteve no escritório da Abeprev. O advogado negou a denúncia das vítimas. "Tá sendo ganha as ações. Não tem problema algum aqui não", afirmou o advogado da Abeprev.

Promotor denuncia três diretores e 19 funcionários da Associação

O Ministério Público identificou 73 vítimas do golpe. O promotor responsável pelo caso denunciou três diretores e 19 funcionários da Associação por formação de quadrilha e estelionato.

"Eles jogam uma isca para o aposentado dizendo que ele tem direito aquele benefício, que a ação já tá ganha. O idoso, ele acredita naquilo e dá o dinheiro", explica o promotor Alexandre Murilo da Graça. "O aposentado, que já ganha tão pouco, ainda tem esse tipo de problemas, tem esse tipo de pessoas que estão lesando o patrimônio deles" conta um aposentado do INSS.

O Ministério da Previdência Social declarou que as informações divulgadas pela associação não são verdadeiras. E que não cobra por serviços prestados à população.

(Fonte: Jornal Nacional – TV Globo – 05/05/2014)

Posts Destacados
Posts Recentes