Ações Judiciais de Correção do FGTS e da Poupança

A APB contratou o escritório CORDEIRO ADVOCACIA para ajuizar uma Ação Coletiva, representando todos os seus associados, em face da Caixa Econômica Federal, buscando a correção das contas de FGTS que tinham dinheiro no mês janeiro de 1999 em diante, com base em decisão do Supremo Tribunal Federal.

Para fazer parte desta Ação Judicial, é necessário que os interessados sejam associados da APB ou se associem até o dia 30 de agosto de 2014, clicando aqui e preenchendo o formulário.

Podem pedir a revisão tanto quem tem conta ativa ou inativa de FGTS, quem já sacou o saldo quando saiu da empresa ou se aposentou depois de janeiro/1999.

Este escritório também ajuizará processos judiciais individuais para a correção das contas de poupança que tinham dinheiro no mês de janeiro de 1999 em diante.

Para ingressar com um processo de correção das contas de poupança, será necessário ligar para o escritório e agendar uma consulta, levando os seguintes documentos: cópia da identidade, CPF, comprovante de residência, extrato da conta de poupança desde janeiro de 1999 e da última declaração de imposto de renda, além de fazer o pagamento inicial de R$ 100,00 (cem reais).

Em ambos os processos, os honorários advocatícios serão de 20%(vinte por cento) do que for recebido no processo, pagos apenas no ato do recebimento.

As consultas e quaisquer outras informações poderão ser conseguidas através do escritório CORDEIRO ADVOCACIA, com os advogados Dr. Claudio Cordeiro e Dra. Pâmela Brito, pelos telefones 2220-0523 ou 2533-7218; pelo e-mail contato@cordeiroadv.com.br ou pessoalmente, na sede do escritório, que fica na Avenida Treze de Maio nº 23, salas 1519 e 1520, Centro - RJ. (ao lado do Theatro Municipal, próximo à Cinelândia).

Posts Destacados
Posts Recentes
Procure por Tags